Sobre o Observatório

O Observatório é um espaço para análise sistemática e permanente de eventos, fatos, evidências e acontecimentos sobre a saúde da criança e do adolescente.
Saiba mais.

Saiba Mais.
Corrimento vaginal PDF Imprimir E-mail

Corrimento vaginal é uma secreção que aparece muitas vezes devido à infecção na vagina e na parte externa da genitália feminina, a vulva. Essas infecções são chamadas de vulvovaginites. Entretanto, a infecção vaginal pode manifestar-se sem corrimento, apenas com coceira, vermelhidão, incômodo ou dor local. Geralmente o corrimento é amarelado, às vezes com mau cheiro e suja a calcinha ou a fralda.

A infecção costuma ser causada por microrganismos que podem contaminar a vagina pelo contato com fezes, terra ou areia. Também pode ser causada por excesso de umidade na região genital (por transpiração ou uso de roupas molhadas) ou pelo verme oxiúro, que migra do ânus para a vagina. Algumas vezes, o corrimento é causado por algum objeto colocado na vagina (corpo estranho) e, nesse caso, a secreção aparece com pus ou sangue e tem cheiro muito desagradável.

É muito importante que um médico avalie o corrimento, pois pode ser causado por vários tipos diferentes de microrganismos, cada um com um tipo específico de tratamento. Além disso, na maioria dos casos, o corrimento desaparece com higiene adequada e interrupção do uso de agentes irritantes (sabonetes, calcinhas de náilon, roupas sujas, etc.). Os pais e as crianças maiores devem ser orientados a realizar a higiene anal após as evacuações, de frente para trás (evitando levar restos de fezes para a vagina), manter a região genital sempre seca (enxugar após urinar, trocar maiôs e biquínis logo após nadar) e evitar o uso de calcinhas de material sintético.

Última atualização em Ter, 30 de Outubro de 2012 18:07
 

A a Z

Clique nas letras para ver as palavras

 

Fale conosco

E-mail: pediatriadeaaz@gmail.com

ObservaPED - Observatório da Saúde da Criança e do Adolescente

Site Produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG