Acesso interno

Faculdade recruta professores voluntários para atender pacientes do HC

Nova unidade receberá pacientes que já são atendidos pelo Hospital e que estiverem sob suspeita de infecção pela covid-19


30 de março de 2020 - , ,


A Faculdade de Medicina está promovendo um cadastro de reserva de professores para atuação em unidade do Hospital das Clínicas (HC) da UFMG, voltado para os pacientes atuais que apresentarem suspeitas de infecção pela covid-19. Podem se inscrever, voluntariamente, professores das áreas de clínica médica, pediatria e saúde da família, pelo link.

Entre os pacientes do HC, muitos têm doenças crônicas e fazem parte do grupo de risco. “Nossos professores são altamente qualificados para prestar esta assistência. Muitos desses pacientes já são acompanhados por esses professores em seus ambulatórios, juntamente com alunos e residentes”, aponta a professora e vice-diretora da Faculdade de Medicina, Alamanda Kfoury.

“A intenção é somar esforços, com um padrão de qualidade, e principalmente em colaboração com o Hospital, que é nosso principal campo de prática para nossos alunos”

As atividades na unidade serão feitas com todos os devidos cuidados. Os voluntários terão acesso aos equipamentos de proteção individual. Professores com mais de 60 anos ou com comorbidades serão deslocados para outras atividades.

A unidade é destinada a pacientes que já fazem acompanhamento no Hospital das Clínicas, portanto, não é aberto para o público em geral. A referência em Belo Horizonte é o Centro Especializado em COVID-19 (CECOVID), na rua Domingos Vieira, 488, bairro Santa Efigênia, com funcionamento todos os dias, das 7h às 19h. Além disso, segundo a Prefeitura, os 152 Centros de Saúde e as nove UPAS de Belo Horizonte estão capacitados para atender pessoas com sintomas da doença. Acesse e veja o Centro de Saúde mais próximo de sua casa.

Unidade de Atendimento ao Sintomático Respiratório

Com início previsto para o dia 31 de março, o espaço vai receber pacientes do HC, triados no pronto atendimento como leves e moderados. Os casos graves serão encaminhados para atendimento imediato, para internação.

A Unidade de Atendimento ao Sintomático Respiratório vai funcionar de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h, em espaço próprio criado para esta finalidade. As ações serão realizadas no Ambulatório São Vicente e serão conduzidas por médicos e enfermeiros. A entrada é separada, para evitar o contato com outros pacientes e profissionais.