Acesso interno

Prae lança nova chamada para apoiar projetos desenvolvidos por estudantes

Quarenta propostas em áreas como cultura, lazer, educação e cidadania serão financiadas.


15 de junho de 2022 - , ,


Estudantes em evento cultural contra a homofobia na Praça de Serviços, no campus Pampulha
Estudantes em evento cultural contra a homofobia na Praça de Serviços, no campus Pampulha. Foto: Lucas Braga |UFMG

De 20 a 30 de junho, projetos acadêmicos propostos por estudantes de graduação poderão ser inscritos para receber apoio financeiro da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae). O processo, regulamentado em mais uma edição da chamada Prae de Apoio a Projetos de Permanência de Estudantes, busca estimular o protagonismo estudantil e o incentivo à cultura, à arte, ao lazer, à saúde, à educação, à ciência e ao debate de questões sociais.

Para participar, individual ou coletivamente — como parte de grupos de estudos e pesquisa, observatórios, projetos, programas e similares com mais de três participantes —, os estudantes regularmente matriculados e frequentes devem submeter suas propostas de acordo com as diretrizes do edital. O apoio e a atuação de pós-graduandos e professores são permitidos no desenvolvimento e na execução das iniciativas.

O propósito do projeto precisa ser explicitado em documento em que devem constar o título, os nomes dos integrantes, a descrição da proposta, a exposição de justificativas para sua relevância, o objetivo que se pretende alcançar e o cronograma de divulgação. O texto precisa ser enviado em conjunto com os demais documentos requisitados no momento de inscrição.

No dia 22 de julho, serão divulgados os resultados da chamada. Até 40 propostas poderão ser apoiadas, sendo 20 para projetos coletivos e igual número para individuais. Os participantes receberão certificados emitidos pela Prae e encaminhados por e-mail. Os projetos concluídos ou em andamento serão apresentados, em outubro, durante a Semana do Conhecimento UFMG e em mostra virtual hospedada no site da Prae.

Os auxílios oferecidos são de R$500 (propostas individuais) e R$1.500 (coletivas). Metade do valor disponível na chamada destina-se a estudantes assistidos pela UFMG. A outra metade poderá financiar iniciativas de ampla concorrência. Ao menos 50% dos projetos aprovados devem estar compromissados com as ações afirmativas e tratar de gênero, raça, inclusão de pessoas com deficiência e outros temas. 

Reinvenção

A diretora de Políticas de Apoio a Projetos de Estudantes da Prae, Márcia Lousada, acredita que projetos estudantis têm grande potencial para reinventar a Universidade. “O diálogo com as pautas juvenis torna a instituição mais acolhedora e contemporânea e favorece o sentimento de pertencimento entre os universitários. Eles se sentem coautores dessa transformação”, afirma a professora.

Leia mais no site da UFMG.


Izabella Corrêa – Centro de Comunicação da UFMG (Cedecom)