Acesso interno

App Meu Pré-Natal chega a 250 mil downloads e é indicado a prêmio Mentes da Inovação


22 de novembro de 2021 - , , ,


Atualização do aplicativo alterou o visual e o conteúdo. Imagem:

Com mais de 250 mil downloads, o aplicativo desenvolvido na Faculdade de Medicina da UFMG Meu Pré-natal é finalista do prêmio Mentes da Inovação, promovido pela farmacêutica Bayer e pelo LifeHub São Paulo. O projeto concorre na categoria Saúde e o resultado será divulgado esta semana, no dia 24 de novembro.

A ferramenta educativa foi desenvolvida por uma equipe liderada pelo Centro de Informática em Saúde (CINS) da Faculdade de Medicina e está disponível de forma gratuita desde junho de 2016. Uma nova versão foi publicada em 2021, em parcerias que envolveram a Universidade do Porto e o curso de Design da UFMG. 

Uma equipe de informática médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto participou no planejamento e execução da nova versão, de forma que o aplicativo pudesse ser utilizado também em Portugal. “A parceria tornou o aplicativo ainda mais universal, com um conteúdo útil e capaz de ser entendido em outros países além do Brasil”, celebra a professora do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e coordenadora do CINS, Zilma Reis.

Nova marca do projeto.

Em paralelo à reformulação da identidade visual, o conteúdo e a tecnologia utilizada foram revistos e atualizados. Agora, o aplicativo está mais moderno e com ilustrações que apoiam o entendimento dos conteúdos educativos da aplicação. Dentro do menu “Saiba Mais”, a gestante vai encontrar orientações sobre as mudanças que ocorrem no corpo. Nessa seção, as mudanças mais importantes foram apresentadas em texto e imagens. “Esperamos que as gestantes se identifiquem com elas e que assim compreendam e convivam melhor com as mudanças que são temporárias e fisiológicas como enjôos, por exemplo”, cita a professora.

Durante a pandemia de covid-19, a informação de qualidade ficou ainda mais fundamental para as gestantes. “A pandemia impactou fortemente a assistência à mulher gestante. Mais vulneráveis às formas graves da doença do que a população em geral, observou-se uma queda no número de nascimentos no Brasil. Além disso, a covid-19 passou a ser responsável por grande parte das mortes maternas”, aponta a professora.

Os finalistas do prêmio Mentes da Inovação passarão pela última etapa de avaliação e os selecionados serão conhecidos durante a cerimônia nesta quinta, a partir das 17h50, na Programação do Bayer Life. Para assistir, clique aqui.

Baixe o app: IOS e Android

Desenvolvimento

A ideia do aplicativo surgiu a partir das demandas vivenciadas pelos pesquisadores durante o atendimento pré-natal e da dificuldade de, muitas vezes, conversar em uma linguagem que as futuras mães consigam entender. “É um aplicativo com enfoque educacional, voltado para o casal grávido, principalmente à gestante, procurando apoiar com informações adequadas à trajetória desde o momento que engravida até o pós-parto”, .

O app “Meu Pré-Natal” teve sua primeira versão disponibilizada em 2016 e até 2021 já atingiu mais de 1 milhão de acessos. Voltado para o público geral, foi desenvolvido durante cerca de um ano, de forma multidisciplinar, com a participação de alunos de graduação, pós-graduação, web designers, programadores e professores de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina e da Escola de Enfermagem da UFMG. O desenvolvimento do aplicativo contou com recursos da Fundação Bill & Melinda Gates, e da Fapemig. 

Há versões disponíveis para download para IOS e Android de forma gratuita. Vale ressaltar que o projeto colabora para o bem estar materno e fetal, mas não substitui as consultas e o cuidado pré-natal nos serviços de saúde.