Acesso interno

Pesquisa recruta pessoas com dor orofacial e disfunção temporomandibular


24 de junho de 2022 - , ,


Imagem: Divulgação.

Alunos, professores, funcionários e demais integrantes da comunidade acadêmica da Faculdade de Medicina que sofram com dor orofacial e disfunção temporomandibular (DTM) podem participar de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Ciências Fonoaudiológicas (PPG Fono). 

Os participantes passarão por avaliação inicial, protocolo terapêutico ou orientação. A pesquisa busca 42 participantes, entre 18 e 60 anos, com recrutamento até fevereiro de 2023.

A pesquisadora do PPG Fono, Mariana Amaral, explica que as dores orofaciais ocorrem na musculatura de face, podendo estar presente também nas regiões da cabeça e de pescoço, na maioria das vezes provenientes da DTM, que, por sua vez, é definida como um conjunto de alterações que envolvem as articulações da boca (chamadas de articulação temporomandibular) e os músculos que trabalham nos movimentos da mandíbula. 

“Esses pacientes podem apresentar dor e/ou desconforto para mastigar, engolir e falar. Além disso, dores frequentes podem impactar no desempenho do trabalho, interação social, além dos impactos psicológicos e emocionais”, aponta a pesquisadora. 

Para participar, entre em contato com a pesquisa via e-mail marianaamaralfono@gmail.com ou telefone (31) 99941-3039.