Acesso interno

Respeito entre alunos e saúde mental foram destaques na recepção de Medicina

Evento apresenta a Faculdade e acolhe os novos alunos.


02 de março de 2020 - , , , , ,


Primeira etapa do acolhimento ocorreu no DAAB. Foto: Carol Morena.

Nesta segunda-feira, 2 de março, os novos estudantes do curso de Medicina da UFMG foram recepcionados na Faculdade. Na abertura do evento, os membros do Diretório Acadêmico Alfredo Balena (DAAB) enfatizaram a importância do respeito entre os alunos e de poderem contar com essa estrutura representativa.

“Nós vamos representar vocês na Faculdade e em todos os lugares necessários. Somos um ponto de apoio para conversarem e tirar dúvidas. O DA é uma casa e é essa palavra que nós queremos que reverbere muito. É o que desejemos que esse espaço seja para vocês”, afirmou a coordenadora geral do Diretório, Vitória Palmeira.

Ela ainda aconselhou os calouros a aproveitarem a Faculdade e cuidarem de sua saúde mental. “Os alunos passam mais tempo aqui do que na sua própria casa. Se dedicarmos somente aos estudos e não fizermos algo que gostamos, não vai funcionar. Se apeguem a um grupo, como DAAB ou a um esporte, pois é o maior fator protetivo para qualquer doença mental. Curtam a faculdade e não deixe ela passar por vocês”, concluiu.

O encontro ainda contou com a participação do diretor da Faculdade de Medicina da UFMG, professor Humberto José Alves, que ressaltou a importância de os alunos usarem seu tempo para lazer, novos hobbies e cultivo de amizades. “Sabemos que este é um curso extenso e intenso, por isso a importância de vocês cuidarem de si mesmos e não se esquecerem do descanso e da diversão”, explica. Somado a isso, ele reforçou ensinamentos importantes que todo aluno deve levar para a vida profissional: “Empatia, respeito, sensibilidade e compaixão. Estas são características indispensáveis, que todo bom profissional deve levar consigo”, acredita.

Expectativas dos novos estudantes

Novo aluno Lucas Fraga conta de sua felicidade e ansiedade. Foto: Carol Morena.

“Fiquei muito feliz por ter passado e fico ansioso, porque esperei muito tempo por isso e quero que seja tudo ótimo.

Também desejo me sentir realizado, tanto academicamente quanto na relação com as pessoas do curso”, relatou o estudante Lucas Leal Fraga, de 18 anos.


Calouro Mateus Vieira cursava engenharia. Foto: Carol Morena.

Mateus Vieira, de 22 anos, cursava Engenharia até o ano passado, quando optou por trocar os rumos e se decidiu pela Medicina.

“Medicina é o sonho de muita gente. Fico feliz por ter passado e espero aprender bastante para ajudar as pessoas”, afirmou.


Rodrigo Correa ingressa na Faculdade pensando em ajudar sua região. Foto: Carol Morena.

Natural de São João das Missões (MG), Rodrigo da Silva Correa, 37 anos, destacou que conquistar uma vaga em Medicina também era seu sonho, algo que tentava há cinco anos. “É um curso tão concorrido, de qualidade. E meu objetivo aqui é ter a bagagem de conhecimento para ajudar na minha região, que é carente de profissionais dessa área”, contou.


Caloura Júlia Correa fala sobre “perrengues” de sair de casa. Foto: Carol Morena.

Para Júlia Correa Felipe, de 19 anos, além de se sentir realizada por ingressar em um curso que já sonhava, a estudante falou sobre as experiências adquiridas ao mudar de cidade. “Cheguei ontem de Joinville (SC) e já passei alguns ‘perrengues’. Sempre me interessei pela área da saúde e anseio ter bastante oportunidades de extensão e projetos”, disse Júlia.


Outro calouro que se mudou para BH é Mateus Oliveira. Foto: Carol Morena.

Mateus Oliveira, de 17 anos, espera um equilíbrio entre festa e estudos no curso. O estudante de Goiânia (GO) ainda afirmou que mudar de cidade foi tranquilo. “Acho que vai ser mais complicado no futuro, porque nunca tinha mudado, nem de casa em Goiânia. E morar com meu amigo não vai ser a mesma coisa que morar com a minha mãe”, relatou.


A nova estudante Ana Maria está feliz e fala da expectativa em ser boa profissional. Foto: Carol Morena.

Ana Maria Guedes, de 20 anos, é de Betim (MG) e está morando em Belo Horizonte desde o ano passado. Ela contou suas expectativas para o curso que tentou, por 2 anos, ingressar. “Estou muito feliz de estar aqui e espero crescer como pessoa e ser uma boa profissional. E eu acho que vou conseguir isso”, disse.

A recepção de calouros acontece durante toda a semana. Para conferir a programação completa, acesse o site dos calouros.  

Confira a galeria com mais fotos da recepção: