Acesso interno

Técnico da Faculdade recebe homenagem da PF por trabalho de identificação de corpos


14 de fevereiro de 2020 - , ,


Da esquerda para direita: Disney Rosseti (diretor executivo da Policia Federal), Aldeir Silva (Faculdade de Medicina), Mauricio Valeixo (diretor geral da Policia Federal) e Brasilio Caldeira Brant (Diretor do INI/PF). Foto: Papiloscopia Policial Federal / Isaque de La Fuente.

O técnico em anatomia e necropsia da Faculdade de Medicina da UFMG, Aldeir José da Silva, recebeu uma homenagem da Polícia Federal pelo Dia do Papiloscopista. A entrega foi feita no Instituto Nacional de Identificação (INI), no dia 6 de fevereiro.

O reconhecimento veio de seu trabalho de identificação de corpos de vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho. Aldeir atuou junto à Polícia Civil de Minas Gerais, cedido pela Faculdade de Medicina. Ao todo, doze profissionais que atuaram no Instituto de Identificação e três do Instituto Médico Legal (IML) receberam a homenagem, que ocorreu em Brasília.

Papiloscopista é o profissional especializado em individualização humana por meio das impressões digitais. O Dia do Papiloscopista é comemorado em 5 de fevereiro.

Sobre o trabalho com as vítimas do rompimento da barragem, alguns indivíduos não poderiam ser identificados pela arcada dentária, já que não tinham tratamento odontológico registrado e demoraria cerca de 15 dias para identificar o corpo com o exame de DNA, a um custo mais elevado. Uma das alternativas foi o uso da necropapiloscopia, identificação de cadáveres pelas impressões digitais, com métodos adaptados por Aldeir.

Leia mais: