Acesso interno

UFMG tem 76 vagas para refugiados em seus cursos de graduação

Inscrições estarão abertas de 17 de dezembro a 17 de janeiro pela internet; candidatos serão selecionados por meio do Enem


17 de dezembro de 2021 - , , , ,


Estudantes intercambistas em atividade de recepção na UFMG antes da pandemia: acolhida de refugiados aprofunda processo de internacionalização da Universidade, tornando-a mais plural e cosmopolita
Estudantes intercambistas recebidos na UFMG antes da pandemia: acolhida de refugiados aprofunda processo de internacionalização da Universidade, tornando-a mais plural e . Foto: Braga | UFMG

A UFMG divulgou o edital do processo seletivo para refugiados, asilados políticos, apátridas, portadores de visto temporário ou de autorização de residência para fins de acolhida humanitária, que poderão ingressar nos cursos de graduação em 2022.
São oferecidas 76 vagas para estrangeiros em situação de vulnerabilidade e imigrantes beneficiários de políticas do governo brasileiro. Também podem ser contemplados o cônjuge, os ascendentes e descendentes, assim como os demais membros do grupo familiar que dependem economicamente do refugiado. 

As inscrições poderão ser feitas de 17 de dezembro a 17 de janeiro, no site da Comissão Permanente do Vestibular (Copeve).

Os interessados podem se inscrever para um único curso de graduação, de forma gratuita. Para se candidatar, é necessário ter participado do Enem, pelo menos uma vez, entre os anos de 2017 e 2021, e comprovar grau de escolaridade equivalente ao ensino médio. 

Os aprovados terão os mesmos deveres e direitos (incluindo a assistência estudantil) de todos os alunos da UFMG.

O resultado preliminar será divulgado no dia 21 de fevereiro, no site da Copeve, e o resultado final, após o prazo de recursos, no dia 25 de fevereiro.

Esta é a segunda vez que a UFMG divulga edital específico para a seleção de refugiados. Em 2019, a Universidade regulamentou a ampliação do acolhimento de estrangeiros nessas condições em seus cursos de graduação. Na ocasião, 107 candidatos inscreveram-se para concorrer a 77 vagas. O curso de Medicina foi o mais procurado, seguido de Enfermagem, Arquitetura e Direito.


(Assessoria de Imprensa da UFMG)