Entrevista: Luiz Megale fala sobre Osce

Publicado em Entrevistas
16 de setembro de 2011

Professor planeja chamar estudantes de artes cênicas para atuar nas provas

Desde 2009, quando foi implementada, a Avaliação Objetiva e Estruturada de Desempenho Clínico (Osce) passa por constante aperfeiçoamento. Às vésperas do Osce do 2º semestre de 2011, o professor do departamento de Pediatria, Luiz Megale, adiantou algumas das possíveis mudanças para os próximos semestres, como a implementação do exame ainda mais cedo no curso de Medicina e o convite a estudantes de teatro para participar como “pacientes”. Confira a entrevista realizada pela Assessoria de Comunicação Social (ACS) da Medicina:

ACS: Qual é a importância do Osce para os alunos do curso de Medicina?

Profº Luiz Megale: Os estudantes, durante os seis anos de curso, adquirem conhecimentos, como parte teórica, e desenvolvem habilidades clínicas,  como apalpar o fígado e baço. Mas eles devem ter o que chamamos de atitude. Isso significa saber conversar, ter respeito, educação e vontade de tratar aquelas pessoas. Essa parte do relacionamento entre médico e paciente é muito avaliada no Osce. E testamos também as habilidades clínicas.

ACS: Os alunos ficam bastante nervosos durante o Osce. Como o senhor avalia essa questão?

Profº Luiz Megale: Os estudantes devem aprender a vivenciar aquela situação, ter controle emocional. Se eles ficam nervosos na prova, imagina na frente de um paciente doente e com dor? Mas estamos estudando a possibilidade de implementar o Osce em períodos anteriores, às vezes a partir do 6º ou 8º período, para que eles possam ir se acostumando. Além disso, é normal ficar um pouco nervoso em uma prova.

ACS: Há outras mudanças em vista para o Osce?

Profº Luiz Megale: No caso da Pediatria, estamos com um projeto de trazer estudantes do curso de Artes Cênicas para atuar no Osce, no lugar dos funcionários da Medicina, que passam por pacientes. Isso aprimoraria a prova, fazendo com que o ambiente ficasse ainda mais próximo da realidade. É uma ideia para 2012.

Sobre o Osce

O Osce é aplicado a alunos do 10º ao 12º períodos, que fazem nesses últimos anos do curso internatos de Traumatologia, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Clínica Médica e Cirurgia. Eles passam por situações de simulação de atendimento clínico, quando devem atender os “pacientes” e dar diagnósticos.

Datas e regras

No 2º semestre de 2011, as provas ocorrem em 19, 20 e 21 de setembro. Será permitido somente o porte de crachá, jaleco, estetoscópio e caneta. O uso e porte de aparelhos eletrônicos, mesmo que desligados, também são proibidos.

 

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG
jornalismo@medicina.ufmg.br




Share