Acesso interno

Publicação analisa trajetória da pandemia em BH ao longo de 2020

Informativo produzido pelo Observatório de Saúde Urbana de Belo Horizonte recapitula evolução da covid-19 de janeiro a dezembro na capital mineira.


22 de janeiro de 2021 - , ,


O Observatório de Saúde Urbana de Belo Horizonte (OSUBH) da Faculdade de Medicina da UFMG lançou hoje, 22 de janeiro de 2021, a décima primeira edição InfoCOVID-OSUBH. O informativo traz uma análise da pandemia de covid-19 na capital de janeiro a dezembro de 2020.

No último mês de 2020, Belo Horizonte registrou 654 internações por covid-19, com 102 óbitos em função da doença. Outras 477 internações foram atribuídas a alguma forma de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) não especificada, com 51 óbitos.

Tabela retirada do edição 11 do InfoCOVID OSUBH. Acesse a íntegra abaixo.

“Após um ano de observação, temos analisado retrospectivamente os dados de pacientes, residentes em Belo Horizonte, internados com SRAG, usando uma base de dados municipal composta de 12.236 pacientes, com idade média de 58 anos”, iniciam os autores do relatório em suas considerações finais. De acordo com o informativo, os 8.567 dos acompanhados foram diagnosticados com covid-19 têm média etária de 63 anos, são predominantemente do sexo masculino e não brancos. 

Além disso, apenas 24% dos diagnosticados não apresentavam nenhuma comorbidade. “Observamos um perfil mais jovem da população sendo acometida que em outros países, uma grande disparidade racial e um componente preocupante representado pela grande ocorrência de comorbidades”, seguem os autores. De acordo com o gráfico de óbitos mensais em Belo Horizonte apresentado pelo informativo, dos 1.962 das vítimas da doença em 2020, 1.774 apresentavam alguma comorbidade, número que ultrapassa 90% do total de mortes.

Para ler a décima primeira edição do InfoCOVID-OSUBH na íntegra, clique aqui.

Clique aqui para acessar todas as edições anteriores do informativo.


Confira as outras notícias do InfoCOVID: