Estudo sobre degeneração macular recebe prêmio

Publicado em Divulgação científica
08 de maio de 2012

Estudo desenvolvido na Faculdade de Medicina da UFMG sobre o diagnóstico e tratamento da degeneração macular, a principal causa de cegueira no mundo, recebeu o principal prêmio do 37º Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo, realizado no Rio de Janeiro, em abril.

Trata-se do primeiro estudo a observar a questão genética relacionada à degeneração macular na população brasileira. Para isso, foram traçados os perfis genéticos de aproximadamente 300 pacientes, contemplando todas as fases da doença. A análise identificou três genes que, ao sofrerem modificações, predispõem o indivíduo a ter a doença. Essas informações podem permitir a tomada de medidas preventivas – adotar uma vida mais saudável, por exemplo, evitando hábitos como o fumo e alimentação inadequada.

A observação do perfil genético contribui também para o tratamento da forma mais grave da doença, chamada de degeneração macular exsudativa, ou “úmida”. Atualmente, 40% dos pacientes reagem bem ao tratamento e tem melhora. No entanto, não havia como saber de antemão como seria a resposta ao tratamento, o que passa a ser possível com análise genética. Um dos genes relacionados à doença indica também a possibilidade do paciente responder de maneira positiva aos medicamentos, dando mais certeza para o médico prescrever o tratamento.

O trabalho “Importância de polimorfismos dos genes CFH, LOC387715 e VEGF na resposta terapêutica da degeneração macular relacionada à idade exsudativa ao ranibizumabe” é fruto de duas teses de doutorado defendidas no programa de pós- graduação em Ciências Aplicadas a Cirurgia e a Oftalmologia, de autoria dos oftalmologistas Carlos Eduardo Reis Veloso e Luciana Negrão Frota de Almeida, sob orientação dos professores da Faculdade de Medicina da UFMG, Márcio Nehemy e Luiz Armando de Marco. Os resultados obtidos pelo grupo já foram apresentados também em congressos da Academia Americana de Oftalmologia e da Sociedade Europeia de Oftalmologia.

 

Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG
jornalismo@medicina.ufmg.br




Share